Atendimento

(12)   3896-5550

(12) 98134-2000

img

Notícias

Caminhão Betoneira: Conheça o Equipamento

Share Button

Qual a história do Caminhão Betoneira?

Quando falamos em concreto usinado, a primeira imagem que temos como referência é a de um caminhão carregando concreto até a obra, é fato que, o caminhão betoneira é uma das máquinas mais importantes para a construção civil, está presente na maioria dos canteiros de obra do Brasil e do mundo, além de ser um dos símbolos da engenharia civil.

Nem sempre foi possível contar a praticidade de se ter um caminhão misturando e levando concreto até a obra, até o início do século XX, a mistura do concreto era feita por meio de misturadores mecânicos e o transporte até a obra era feito por meio de cavalos, o modelo não era muito eficiente, no entanto, foi bastante útil para os desafios da época.

Foi o armênio naturalizado norte americano Stephen Stepanian, que idealizou o primeiro caminhão betoneira, seu invento foi projetado em 1917, no entanto, apenas 16 anos depois, em 1933, obteve a patente de seu feito. Stephen era um homem muito à frente do seu tempo, quando idealizou o caminhão betoneira, foi desacreditado, porque não se tinha ideia de como algo tão pesado conseguiria se mover, acreditava-se que o peso da betoneira no caminhão iria prejudicar ou até mesmo impedir o deslocamento do veículo.

O primeiro caminhão betoneira foi concebido na década de 40, após a segunda guerra mundial, desde então, o veículo passou por diversas modificações até chegar ao modelo que temos hoje levando concreto usinado para as obras.

 

A grande sacada da indústria da construção foi perceber que a melhor forma de misturar e transportar o concreto era fazer isso de uma única vez com o uso do caminhão betoneira, por isso, o modelo tem sido aperfeiçoado nos últimos anos, as empresas tem se preocupado em criar sistemas mais eficientes para garantir que o concreto produzido seja cada vez mais homogêneo e o transporte mais seguro.

 

Como Funciona o Caminhão Betoneira?

O caminhão betoneira é um veículo com uma espécie de balão de aço acoplado em sua traseira, no seu interior, há “pás” no formato de chapas helicoidais que servem para misturar os componentes do concreto. A grande vantagem do caminhão betoneira é a possibilidade de manter o concreto usinado sendo misturado enquanto ele transporta o material até o local da obra.

 

O giro da betoneira no sentido horário garante que o concreto seja misturado e se posicione na parte inferior do balão, favorecendo assim o transporte, quando o giro muda de sentido e vai para anti-horário, o material é jogado para fora permitindo que o concreto possa ser descarregado sem dificuldades. Em muitos casos, a simples entrega do concreto usinado no local da obra não é suficiente, é preciso levar esse material até um local específico da concretagem, é o caso das lajes por exemplo, é comum o uso de bombas para elevar o concreto ao ponto de interesse, nestes casos, há a necessidade de alugar a bomba com as empresas competentes.

Há alguns tipos de caminhão betoneira no mercado que diferem entre si pelo volume de concreto que conseguem produzir e transportar, o mais tradicional é o caminhão com capacidade para 8m³, outros modelos tem capacidade variando entre 5m³ a 10m³.

 

Qual a importância do Caminhão Betoneira?

O surgimento do caminhão betoneira proporcionou uma mudança muito grande na forma como construímos, pois, passou a ser possível a fabricação e transporte de milhares de metros cúbicos de concreto em um único dia. As estruturas de concreto passaram a ser feitas com material mais homogêneo e de alta qualidade.

O tempo sempre foi uma unidade de medida importante para quem trabalha com concreto, pois, sabe-se que, após a mistura do cimento com a agua, o material começa a endurecer após algumas horas (início da pega). Sabendo dessa necessidade era comum haver a necessidade de se dispor de grandes estoques de materiais no canteiro de obras para que o concreto pudesse ser feito no próprio local.

Com a introdução do caminhão betoneira, grandes volumes de concreto usinado passaram a ser feitos em locais distantes da obra e transportados em pouco tempo. Isso permitiu que os canteiros de obra ficassem mais organizados, pois, reduziu-se drasticamente a necessidade de espaço para armazenamento de materiais como cimento, areia e brita, além de permitir projetos de concretagem mais elaborados e ousados.

 

A NBR 7212:2012 permite que o concreto usinado seja transportado até o local da obra de duas formas, a primeira delas e mais comum é com o uso de caminhão betoneira, a outra opção é o caminhão basculante com carroceria de aço, quando o transporte é feito com caminhão basculante o tempo de transporte permitido é reduzido para cerca de 40 minutos, isso se deve as condições em que o concreto está sendo disposto e a possibilidade de haver segregação do agregado graúdo devido a agitação durante o percurso. O caminhão betoneira permite maior flexibilidade de tempo, o transporte pode durar até 90 minutos, e o veículo permite manter o concreto em movimento de forma controlada impedindo que haja segregação de materiais, além de conferir um aspecto mais homogêneo.

Outro ponto importante é a homogeneidade do concreto, muitos fatores interferem na qualidade do concreto produzido, um deles é a forma como os materiais são misturados, quanto mais homogêneo, melhores serão as propriedades do concreto quando estiver endurecido, por isso, o caminhão betoneira permite a preparação de concretos de qualidade elevada em comparação aquele feito com a betoneira na obra.

 

Quais cuidados devemos ter com o Caminhão Betoneira?

Durante o processo de mistura e homogeneização do concreto usinado, o caminhão betoneira tem que suportar todo o peso do material saltando dentro do tambor de aço, isso pode ser perigoso, principalmente quando o caminhão está em movimento, portanto, é recomendado que o motorista do caminhão tome algumas precauções quanto a velocidade e aceleração do veículo em transito, principalmente nas curvas. O concreto deve ser entregue no prazo máximo de 180 minutos se for transportado com caminhão betoneira, logo, situações de atraso na entrega, por conta de imprevistos no trânsito por exemplo, podem gerar descuidos por parte do motorista e causar acidentes.

A atenção com a limpeza interna do tambor é outra medida importante, a ideia é manter a qualidade das facas internas, pois o concreto aderido à superfície interna ou o desgaste desses componentes prejudicam diretamente a agitação da mistura, o ideal é limpar todos os componentes do caminhão logo após a entrega do concreto. A inspeção visual interna do tambor requer também muito cuidado, em geral um operador tem que entrar no balão para fazer a vistoria, e sem a devida atenção, pode haver sérios acidentes.

 

Quais as Normas Técnicas para uso do Caminhão Betoneira?

A NBR 7212:2012 estabelece algumas exigências especificas para o uso do caminhão betoneira por parte das empresas desde a homogeneização do concreto usinado até a entrega ao ponto de concretagem.

A primeira exigência está relacionada as empresas que fabricam o caminhão, a norma estabelece que a altura das facas seja maior ou igual a 280 mm, a espessura das chapas de aço seja de pelo menos 2mm e a velocidade do balão seja de 14 rotações por minuto, podendo variar entre 12 e 16 rotações.

A segunda exigência está relacionada ao tempo de mistura dos materiais dentro do caminhão betoneira, a norma estabelece que seja de no mínimo 30 segundos para cada metro cúbico de concreto usinado ou 3 minutos (o que for maior), desta forma, se o volume de concreto for de 5m³ o tempo de mistura será de 3 minutos, se for 8 m³ o tempo será de 4 minutos, e assim sucessivamente.

 

A terceira exigência visa a relação entre cliente e fornecedor, ela estabelece que o pedido mínimo de concreto usinado a ser transportado em caminhão betoneira seja de 3 m³, desta forma, o cliente deve estar atento quanto aos volumes de concreto necessários pra evitar perdas.

Quanto ao período de transporte e recebimento, é exigido que o período de tempo entre a primeira adição de agua ao concreto até a concretagem não ultrapasse os 150 minutos, por conta do início da pega do concreto.

 

Mercado Brasileiro: Caminhão Betoneira

O caminhão betoneira pode ser adquirido por meio de empresas especializadas, o preço de uma máquina nova é de cerca de R$360.000,00. Também podemos encontrar ofertas de caminhões usados por outras empresas, neste caso o preço pode variar bastante a depender das condições e do tempo de uso.

Outra opção interessante para as concreteiras é o aluguel de caminhão betoneira com empresas especializadas em locações deste veículo, algumas empresas no Brasil como a Concrelit oferecem este serviço. A vantagem em se optar pela locação do caminhão betoneira é a garantia de poder utilizar um veículo em bom estado sem precisar se preocupar com manutenções e revisões, além de diminuir a necessidade de capital de giro das concreteiras.

 

Em razão da quantidade de obras, a utilização do caminhão betoneira é mais presente nas regiões industrializadas do país como o Sul e o Sudeste, cerca de 65% deles estão presentes nessas regiões. Dados provenientes de diversas associações estimam que há mais de 12 mil caminhões betoneira em uso no Brasil, produzindo milhões de metros cúbicos de concreto anualmente.

 

Concrelit na Mídia
Exame - Concrelit na Mídia InfoMoney - Concrelit na Mídia Terra - Concrelit na Mídia O Globo - Concrelit na Mídia Comunique-se - Concrelit na Mídia Mobilidade Sampa - Concrelit na Mídia